Marketing Pessoal

15 de novembro de 2012
Nenhum Comentário

Philip Kotler define Marketing Pessoal como uma disciplina que “utiliza os conceitos e instrumentos do marketing em benefício da carreira e da vida das pessoas, sobretudo valoriza o ser humano em todos os seus atributos”. Com base nesta referência, o Marketing Pessoal é um processo que envolve a concepção e planejamento de ações de um indivíduo, com o objetivo de contribuir para a sua formação profissional. Para tanto utiliza-se a atribuição de um valor que seja compatível ao mercado, e a sua colocação deve ser divulgada no momento ideal, para as pessoas certas, de forma que ambas as partes fiquem satisfeitas.

Um dos pontos principais desta ferramenta é a valorização do ser humano e dos seus atributos e características, sejam elas do âmbito espiritual, intelectual ou físico. O objetivo máximo e primordial é o de potencializar as capacidades pessoais e profissionais. O princípio é o mesmo adotado no Marketing geral, no qual destaca-se os pontos fortes de determinado produto ou serviço no que se refere a estratégias de posicionamento. Logo, esta função é determinada pelo processo de catalisar todas as ideias, conceitos e pontos favoráveis do indivíduo para que sejam mostrados e divulgados ao mercado.

Em teoria é a definição de processo de um indivíduo, que passa pelo planejamento e detalhamento de todas as possíveis ações que serão colocadas em destaque para o mercado, tanto para formação profissional, ou atribuição de um valor, até a ações de promoção de cunho pessoal.

No panorama atual do mercado, onde existem muitos profissionais capacitados e poucas vagas, ter postura profissional e saber aplicá-la as estratégias do Marketing Pessoal é uma vantagem competitiva. Obter um bom posicionamento no mercado é uma tarefa que demanda um estudo cuidadoso e a adoção de estratégias específicas para cada pessoa. Por isso cada vez mais a utilização desta ferramenta se torna de suma importância, pois através de uma pesquisa investigativa minuciosa até a detecção das potencialidades e pontos positivos, a tornam um excelente aliado para determinar o diferencial perante os concorrentes e o mercado. A importância de uma análise profunda sobre Marketing Pessoal pode ser destacada pelo fato de que o grande diferencial competitivo das empresas é a qualidade de seu corpo intelectual, ou seja, de seus funcionários e respectivas capacitações.

Os principais fundamentos para o sucesso do Marketing Pessoal são estabelecidas em 5 planos, o Posicionamento Emocional para os demais, a Comunicação interpessoal, a Capacidade em estabelecer uma ampla rede de contatos/relacionamentos, Posicionamento da Imagem e Formas de apoiar e incentivar os demais.

Para cada elemento principal deve-se compreender sua definição específica. O Posicionamento Emocional é a maneira na qual as pessoas lembram das outras, pode-se entender como uma primeira apresentação a situação que pode marcar a presença e gravar uma recordação da pessoa em determinado encontro, a educação, sinceridade e toda carga de emoção seja ela positiva ou negativa, ficam registradas como impressões pessoais. A Comunicação Interpessoal é a interface do indivíduo com as pessoas do seu círculo de convivência, tanto pela capacidade de oratória como pela facilidade em criar vínculos de comunicação constante, são características que demonstram as qualidades pessoais das pessoas para o externo, neste aspecto podemos destacar a capacidade de algumas pessoas em se tornarem líderes. A Rede de Relacionamento é um importante canal para manter os contatos de variados níveis e que são fundamentais para a inserção do indivíduo na sociedade e em seu núcleo de convivência. Nesta esfera se estabelecem os contatos tanto na forma vertical, onde existem relações com pessoas em planos mais elevados, quanto na forma horizontal, em relações com pessoas em planos semelhantes. O Posicionamento da imagem é a adequação das características no plano visual e sua inserção no contexto da sociedade, nesta esfera pode-se destacar a importância da composição ideal do visual e da boa aparência. Por fim, a Forma de apoiar os demais é o elemento principal do Marketing Pessoal, pois através dele o destaque social pode ser ampliado. Estar atento ao comportamento e situação dos demais indivíduos do convívio social, apoiá-los e incentivá-los por meio de atitudes sinceras e transparentes, sempre com base nas qualificações é uma forma de se manter sempre na lembrança daqueles que estão por perto.

Portanto, a prática do Marketing Pessoal deve ser cuidadosamente analisada, pois é através das atitudes verdadeiras com as demais pessoas e a postura diante da sociedade, que o indivíduo se destaca. O desafio é portanto saber dimensionar a rede de contatos, além de se impor de acordo com suas qualidades e potencialidades de forma positiva.

Rafael Rez Oliveira

Diretor Geral da Web Estratégica, Co-Fundador do Afiliados Brasil, MBA em Marketing pela FGV, é profissional da web desde 1998. Professor da Pós-Graduação em Marketing Digital do ILADEC e do MBA de Marketing da HSM Educação. Palestrante em diversos eventos de SEO, Conteúdo e Marketing Digital.

Sua vez de falar

Your email address will not be published.